top of page

Cartório Plural é lançado durante o XXIII Congresso da Anoreg/BR e VI Concart

Cartório Plural é lançado durante o XXIII Congresso Brasileiro de Direito Notarial e Registral e VI Conferência Nacional dos Cartórios

Na tarde desta sexta-feira (01/12), em Brasília, a Associação dos Notários e Registradores do Brasil (ANOREG/BR) lançou o programa Cartório Plural, que tem como objetivo promover a inclusão, a diversidade e o respeito aos direitos humanos nos cartórios de todo o país.

“É com muita alegria que parabenizo pela iniciativa o dr. Rogério Bacellar, a dra, Fernanda e ao Gians, que foi uma das pessoas que conversei bastante durante todo o processo da criação do cartório Plural. Essa iniciativa é bastante importante, o cartório é o reitor da cidadania. E como o ministro Fux falou aqui na palestra de abertura, dignidade é você ser feliz e buscar por essa felicidade, e não existe felicidade sem inclusão e acolhimento”, disse o vice-presidente da Associação dos Notários e Registradores de Pernambuco (ANOREG/PE), Dan Lócio.

O Cartório Plural é um programa inovador desenvolvido pela ANOREG/BR e visa a acessibilidade, inclusão e combate ao preconceito, promovendo a diversidade e a igualdade nos cartórios. “Isso não é uma campanha, é um programa e espero que contagie a todos. E que o cartório possa continuar sendo local de todos”, completou Dan Lócio.

O Programa

O programa Cartório Plural é dividido em dois grupos distintos, cada um com objetivos específicos. O primeiro grupo tem como foco a busca pela acessibilidade e inclusão, abrangendo pessoas com deficiência física e motora, auditiva, visual, intelectual, psicossocial e/ou com deficiência múltipla, bem como pessoas com transtornos do Espectro Autista, além daqueles com síndrome de Down. Esse grupo visa garantir o pleno acesso aos serviços cartorários e promover a inclusão de todas as pessoas, independentemente de suas limitações.

Já o segundo grupo concentra-se na promoção da inclusão e no combate ao preconceito, englobando a comunidade LGBTQIA+, grupos étnicos, pessoas de diferentes cores de pele e mulheres. Nesse caso, o objetivo é sensibilizar os notários e registradores para a diversidade existente na sociedade, combatendo a discriminação e garantindo que todos sejam tratados com respeito e igualdade perante a lei.

O programa também envolve workshops, palestras e desenvolvimento de materiais didáticos, que abordam temas como inclusão, diversidade, direitos humanos, igualdade de gênero, acessibilidade e combate à discriminação. Além disso, buscamos a melhoria da estrutura das serventias cartorárias, garantindo a plena acessibilidade e adaptações necessárias para atender a todos os grupos de pessoas abrangidos pelo programa.

Para saber mais sobre o Cartório Plural, acesse: https://cartorioplural.anoreg.org.br/

Fonte: Assessoria ANOREG/BR

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page