Arpen-Brasil e A.U.C.I. promovem encontro sobre documentos de registro civil brasileiro na Itália

“Validade na Itália dos atos de Registro Civil brasileiros” ocorre no dia 14 de novembro, em Roma, com transmissão pelo YouTube

A Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), em parceria com Avvocati Uniti Per La Cittadinanza Italiana (A.U.C.I.), realizará o “Validità in Italia degli Atti di Stato Civile brasiliani: Problematiche storiche e Rivoluzione digitale” (Validade na Itália dos atos de Registro Civil brasileiros: Problemas históricos e Revolução Digital), em Roma, na Itália, no dia 14 de novembro.

O evento, que será transmitido pelo canal do YouTube das associações, é gratuito e busca promover conhecimento e diálogo entre advogados, tradutores públicos e registradores civis de ambos os países. Os principais temas debatidos serão os conflitos enfrentados e o que ocorre na prática para o reconhecimento de certidões brasileiras em solo italiano.

De acordo com Cláudia de Ávila Antonini, advogada, tradutora pública e facilitadora do encontro, os operadores do setor na Itália enfrentam dificuldades na validação de documentos provenientes do registro civil brasileiro. Foi a partir desse obstáculo que as entidades pensaram em promover um evento para discutir formas de se evitar fraudes e falsificações.

“Temos grande esperança de que o diálogo entre os registradores de ambos os países e os advogados traga possibilidade de melhorar essas relações e melhorar a qualidade do trabalho de todos. E traga mais segurança a todos, principalmente, sobre falsificação de documentos, que é o grande problema que os documentos brasileiros enfrentam na Itália. Eles temem que os documentos brasileiros sejam falsificados. Esse evento vai trazer mais segurança para os registradores italianos”, anseia a tradutora pública.

A 3ª vice-presidente da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen/SP), Karine Boselli, ressalta que o evento também busca facilitar o reconhecimento dos documentos brasileiros, principalmente as certidões eletrônicas, seja para reconhecimento de dupla nacionalidade, seja para outros interesses.

“É um primeiro passo no sentido de demonstrar a segurança jurídica dos atos brasileiros no anseio de se evitar falsificações e fraudes”, pontua Boselli.

Antonini ainda reforça que discutir o registro civil brasileiro na Itália é de extrema importância, pois são esses documentos utilizados para fazer reconhecimento da nacionalidade italiana daqueles que nasceram no Brasil.

“A cidadania italiana é reconhecida através da transcrição da certidão brasileira do oriundo italiano. A cidadania italiana pelo sangue é reconhecida através da transcrição da certidão de nascimento brasileira do descendente italiano que nasce em solo brasileiro”, completa a advogada.

As inscrições para o “Validità in Italia degli Atti di Stato Civile brasiliani” podem ser realizadas pelo e-mail: arpenitalia@gmail.com.

Confira a programação:

9h – Registrazione partecipanti 10h – Apertura 10h15 – Principi Generali e Formazione degli Atti 11h15 – Conflitti 12h30 – Brunch 13h30 – Difficoltà Pratiche 14h30 – Circolari, Giurisprudenza e Accordi Internazionali 15h30 – Conclusioni 16h – Chiusura


Fonte: Assessoria de comunicação da Arpen-Brasil

Posts recentes

Ver tudo

Altera a Lei nº 9.636, de 15 de maio de 1998, para modificar a forma de reajuste das receitas patrimoniais da União decorrentes da atualização da planta de valores e desburocratizar procedimentos de a