XII Fórum Internacional de Integração Jurídica

XII Fórum Internacional de Integração Jurídica: abertura destaca a evolução do sistema notarial e de registro


Lançamento oficial do evento reuniu os principais especialistas da área para debater sobre a temática “Tendências Digitais dos Registros Públicos e Tabelionatos”


Na manhã desta quinta-feira (26) foi realizada a abertura do XII Fórum Internacional de Integração Jurídica. Na solenidade, que aconteceu de forma online, pelo youtube da Ennor, o Presidente do Conselho Superior da Escola Nacional de Notários e Registradores (Ennor) e presidente da Confederação de Notários e Registradores (CNR), Rogério Bacellar, destacou os avanços da atividade notarial e registral brasileira.


“Nossa escola nasceu para melhorar cada vez mais o sistema notarial e registral, que já é uma atividade bem avaliada no Brasil, em termos de credibilidade. Criamos para que os cartórios brasileiros tenham um serviço de excelência. É isso que estamos conseguindo, credenciados ao Conselho Nacional de Justiça” declara.


O presidente da entidade também destacou a relevância do Fórum com as diversas opiniões, e sugestões, com exemplos que vêm de outros países, como por exemplo Alemanha e Portugal, para aprender cada vez mais.


O secretário-geral do Conselho Nacional da Justiça (CNJ), Valter Shuenquener de Araújo, ministrou a palestra principal e destacou que os cartórios evoluíram junto com o Conselho. “O CNJ procurou deixar para trás a imagem do cartório como burocracia. Conseguimos ver essa evolução nas iniciativas e nos projetos contínuos que demonstram quanta coisa mudou nos últimos anos”, afirmou.


Para exemplificar a busca por melhorias do serviço registral e tabelionato , Araújo destacou, sobretudo, a informatização e uniformização das serventias extrajudiciais com a forte atuação da Corregedoria Nacional da Justiça


A abertura do evento e demais palestras podem ser acompanhadas ao longo do dia pelo canal do youtube da Ennor: https://www.youtube.com/watch?v=x-_3k3DChxA


CNR

Posts recentes

Ver tudo

STJ - Revogação consensual de adoção

Adoção realizada sob as regras do CC/1916 é passível de revogação consensual na vigência do Código de Menores ​A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) entendeu que a adoção realizada so