TRF1 - Paternidade responsável é tema de curso oferecido pelo CNJ

Em observância à Resolução 576/2016, que regulamenta a ampliação da licença paternidade e à Resolução 321/2020, que dispõe sobre a concessão de licença-paternidade, licença à gestante e de licença à adotante para magistrados e servidores do Poder Judiciário, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realiza o curso “Quando Nasce um Pai – Paternidade Responsável”.


A capacitação é on-line, autoinstrucional (sem tutoria) e contínua, ou seja, sem período mínimo ou determinado para início ou conclusão. Ao todo, são 8 horas-aula para serem cumpridas conforme a disponibilidade do aluno.


A ideia é sensibilizar e emponderar os pais para a participação na vida dos filhos, formando os participantes para reconhecer a importância da atuação do homem no planejamento familiar, no pré-natal e no parto; entender os conceitos de paternidade na sociedade moderna, assim como os benefícios da paternidade responsável; refletir sobre a influência da atuação paterna na família e na sociedade, entre outras coisas.


Para inscrições e mais informações, clique aqui.


LK/LS, com informações do CNJ.


Assessoria de Comunicação Social Tribunal Regional Federal da 1ª Região


TRF1

Posts recentes

Ver tudo