top of page

Tabeliã de Belo Horizonte participa de comissão da ONU sobre igualdade de gênero na era digital

Titular do 2º Tabelionato de Protesto da capital mineira, Aurenice da Mota Teixeira representa a ABMCJ em reunião anual promovida pelas Nações Unidas, em Nova Iorque

Desde o dia 6 até 17 de março, a titular do 2º Tabelionato de Protesto de Belo Horizonte, Aurenice da Mota Teixeira, participa da 67ª sessão da Comissão sobre a Situação da Mulher (CSW67) em Nova Iorque, nos Estados Unidos. A tabeliã compõe o grupo de 18 representantes brasileiras que comparecem ao evento em nome da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica (ABMCJ). Promovida anualmente pela Organização das Nações Unidas (ONU), a reunião de 2023 é a primeira a ser realizada presencialmente desde o início da pandemia de Covid-19.

Com o tema “Inovação e mudança tecnológica, e educação na era digital para alcançar a igualdade de gênero e o empoderamento de todas as mulheres e meninas”, a CSW67 reúne governantes, ativistas e representantes de organizações de todo o mundo. O objetivo é debater questões relacionadas aos direitos da mulher sob o viés do desenvolvimento tecnológico e da inclusão digital.

Integrantes da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica visitam o plenário das Nações Unidas

Comissão sobre a Situação da Mulher (CSW67)

A sessão da Comissão consiste em uma série de painéis de especialistas, mesas redondas, intervenções e diálogos interativos entre os participantes durante as duas semanas. Nesta edição, as reuniões oficiais abordam temas como o combate à lacuna digital de gênero, a criação de ambientes digitais mais seguros, a promoção da educação na era digital, o empoderamento de mulheres e meninas rurais e a igualdade de gênero no contexto de situações emergenciais sobrepostas.

Paralelamente à programação oficial, são realizados centenas de eventos nas dependências da sede da ONU e também em ambientes digitais. Tais reuniões visam promover o encontro de palestrantes e especialistas de todo o mundo para cobrir assuntos correlatos à temática da 67ª sessão da Comissão sobre a Situação da Mulher.

Ao final da sessão, a Comissão estabelecerá, em acordo coletivo, as conclusões obtidas a partir do evento. Elas servirão como modelo para a obtenção de melhorias na vida de mulheres e meninas por meio da inovação, tecnologia e educação na era digital.

As conclusões acordadas possibilitarão o fortalecimento da integração da perspectiva de gênero no quadro normativo global da área. Além disso, as recomendações poderão influenciar as decisões tomadas por Estados-membros da ONU, organizações da sociedade civil e outros órgãos intergovernamentais.

Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica (ABMCJ)

Fundada no ano de 1985 em Belo Horizonte (MG), a Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica (ABMCJ) é uma organização não governamental que visa contribuir para o estudo crítico do Direito sob a perspectiva da igualdade de gênero. A entidade é filiada à Federação Internacional de Mulheres de Carreira Jurídica (FIFCJ), instituição que possui lugar consultivo junto ao Conselho Econômico e Social das Nações Unidas.


Como representantes do núcleo mineiro da ABMCJ, estão presentes na CSW67 a tabeliã Aurenice da Mota Teixeira e as advogadas Helena Delamonica, coordenadora da ABMCJ Região Sudeste; Izabel Braga, vice-presidente da ABMCJ-MG; Maria Celeste Guimarães; Vânia Figueiredo Lima e Fernanda Massote.

A tabeliã compõe a atual diretoria da organização em Minas Gerais como conselheira fiscal suplente. A ABMCJMG é presidida pela desembargadora do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) Kárin Emmerich. Atualmente, tanto a ABMCJ Nacional quanto a FIFCJ têm como presidente a advogada Manoela Gonçalves, que também participa do evento na ONU. No total, 18 juristas brasileiras representam a Associação na 67ª sessão da Comissão sobre a Situação da Mulher.


Fonte: Assessoria de Comunicação da Anoreg/BR, com informações do 2º Tabelionato de Protesto de Minas Gerais

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page