Notária e Registradora são agraciadas com Medalha Ruy Gouthier em BH

Corregedoria-Geral entrega Medalha Ruy Gouthier em BH


Sessão solene foi realizada com a presença de magistrados, servidores e outras autoridades


A Corregedoria-Geral de Justiça homenageou com a Medalha de Mérito Desembargador Ruy Gouthier de Vilhena, nesta segunda-feira (25/10), em Belo Horizonte, pessoas que prestaram relevantes serviços à instituição e à Justiça de Primeira Instância em Minas Gerais. A comenda relativa ao ano de 2021 foi entregue em cerimônia realizada no Fórum Lafayette. Foram 17 condecorações especiais concedidas a magistrados e servidores da Justiça, políticos e outras personalidades. A medalha é entregue anualmente desde 1986.


O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Gilson Soares Lemes, participou do evento, juntamente com o corregedor-geral de Justiça e chanceler da medalha, desembargador Agostinho Gomes de Azevedo.


O presidente Gilson Soares Lemes, em seu discurso, reconheceu o empenho de tantas personalidades em prol do aperfeiçoamento da Justiça. "A honraria sinaliza que podemos, sim, superar tudo isso, pois há homens e mulheres abnegados, vocacionados e aguerridos, que se desdobram diuturnamente para fazer o seu melhor, em suas respectivas áreas de atuação, mantendo sempre elevada capacidade para o trabalho, dedicação desmedida, profundo dever cívico e os olhos sempre voltados ao interesse público e ao bem comum", disse.


O corregedor Agostinho Gomes de Azevedo presidiu a solenidade e ressaltou a importância da homenagem. "A orientação, a fiscalização e ação disciplinar são as funções precípuas da Corregedoria, mas a Medalha Ruy Gouthier também nos propicia reconhecer e agradecer aos magistrados, servidores, notários, registradores e personalidades de outras esferas e órgãos que se destacam no cumprimento das suas obrigações com a entrega desta importantíssima comenda que, pela sua natureza, sempre é entregue por mérito a quem a ela fez jus por direito". afirmou.


O corregedor também enalteceu os homenageados, especialmente, por seus "atributos e contribuições em prol da Justiça de 1ª Instância". Ele fez questão de citar o nome e um resumo das qualidades de cada agraciado.


Homenageados


O presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco, o vice-governador de Minas, Paulo Brant, e o deputado mineiro Antônio Carlos Arantes foram homenageados. Também receberam a medalha o corregedor-geral de Justiça do Maranhão e presidente do Colégio de Permanente de Corregedores-Gerais dos Tribunais de Justiça do Brasil, desembargador Paulo Sérgio Velten Pereira; e os desembargadores do TJMG, Juliana Campos Horta de Andrade, Vitor Inácio Peixoto Parreiras Henriques e Maurício Pinto Ferreira.


A lista de homenageados inclui ainda juízes auxiliares da presidência do TJMG e da Vice-Presidência, magistrados, procurador de Justiça, defensor público, servidores e oficiais dos cartórios extrajudiciais, além de três magistrados e servidor, na modalidade post mortem. Na capital, magistrados e serventuários das 1ª e 2ª Regiões de atuação da Corregedoria também receberam a medalha.


O corregedor-geral de Justiça, Agostinho Gomes de Azevedo, já presidiu, neste mês de outubro, solenidades de entrega da medalha no interior de Minas Gerais, nas comarcas de Muriaé, Uberaba, Passos e Governador Valadares.


Em nome dos homenageados


O desembargador do TJMG Maurício Pinto Ferreira falou em nome de todos os agraciados. Agradeceu a homenagem, a cooperação dos familiares e disse que o sucesso profissional nunca seria alcançado se não houvesse pessoas incríveis ao lado de cada um dos homenageados.


O desembargador lembrou que um dos homenageados post mortem era seu primo, e ele se emocionou ao falar também em nome dos três condecorados que faleceram em função da pandemia de covid-19. Citou o filósofo, bispo e teólogo Santo Agostinho ao destacar que "a morte não é nada, é apenas uma passagem para o outro lado do caminho. Eu não estou longe, apenas estou do outro lado do caminho", resumiu.


Participaram ainda da sessão solene os desembargadores José Flávio de Almeida, 1º vice-presidente do TJMG; Tiago Pinto, 2º vice-presidente do TJMG; Marcos Lincoln dos Santos, presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Minas (TRE-MG) e Alberto Diniz Júnior, presidente da Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis).


Também estava na solenidade o presidente do Tribunal de Justiça Militar do Estado, desembargador Fernando José Armando Ribeiro; juízes auxiliares da Presidência do TJMG e da Corregedoria e outras autoridades ligadas ao Judiciário, Executivo, Legislativo, Ministério Público, Defensoria Pública, advocacia, polícias militar e civil e familiares dos homenageados.


Veja a lista completa de homenageados neste link, com o convite para o evento.


Mais imagens da solenidade no Fórum Lafayette podem ser vistas aqui.


TJMG

Posts recentes

Ver tudo

STJ - Revogação consensual de adoção

Adoção realizada sob as regras do CC/1916 é passível de revogação consensual na vigência do Código de Menores ​A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) entendeu que a adoção realizada so