Migalhas-Justiça do RJ suspende efeitos de escritura pública de união estável contestada post mortem

Herdeiros alegam inexistência da união, pois tio era solteiro e vivia sozinho e a ré era a empregada incumbida da administração da casa.


O juiz de Direito Gerardo Carnevale Ney da Silva, da 2ª vara de Família do Rio de Janeiro, concedeu tutela de urgência para suspender escritura pública de união estável.


No caso, os autores alegam que o tio era solteiro e vivia sozinho em sua residência, apenas tendo o auxílio de empregados, dentre eles, a ré, que era a empregada incumbida da administração da casa, e de realizar o pagamento de contas, saques em bancos, a pedido do falecido, em razão das suas limitações físicas.


Narram que, ao ajuizarem o inventário dos bens deixados pelo parente falecido, foram surpreendidos com a notícia de que a ré, “visando obter vantagem patrimonial (...) formalizou escritura de união estável declarando uma falsa relação vivida com o falecido”.


Ao analisar a tutela de urgência pleiteada, o julgador entendeu presentes os pressupostos para a sua concessão, pois da documentação apresentada a escritura de união estável foi lavrada 21/02/20, quando o autor da herança estava com 88 anos de vida, vindo a falecer em 07/04/20, em virtude do seu precário estado de saúde, com “indicativos de que o declarante não estava em plenas condições físicas e mentais”.


Ademais, a declaração de união estável contraria outra constante de instrumento público de procuração, de outubro de 2019, na qual restou consignado o seu estado civil de solteiro, por não estar vivendo em união estável, conferindo ao Juízo prova bastante para o reconhecimento da verossimilhança, quanto à alegação da inexistência de união estável.


O advogado Victor Bastos representa os autores da ação.

Veja a decisão.


Migalhas

Posts recentes

Ver tudo

Inspeção Técnica na Comarca de Ervália

Fiscalização dos serviços notariais e de registro ocorre no período de 26 a 29/10/2020. PORTARIA Nº 6.605/CGJ/2020 Determina a realização de Inspeção Técnica na Comarca de Ervália para fiscalização do

Disponível no YouTube o webinar sobre a LGPD

O Sinoreg/MG, juntamente com WR Treinamento & Desenvolvimento, promoveu um super Webinar sobre a LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados. Clique aqui - https://www.youtube.com/channel/UClvseNB28MK5FYq

Nota de Pesar

O Sinoreg/MG comunica com tristeza o falecimento da Sra. Maria Luzia de Deus, mãe do desembargador Nelson Missias de Morais, ex-presidente do TJMG, ocorrido ontem (25). Aos familiares e amigos apresen

Fale conosco

Av. Brasil, 1479 - sala 701 - Savassi - Belo Horizonte/MG - 30140-005

Email : contato@sinoregmg.org.br

Tel : 31 3284-7500

  • Instagram Sinore
  • Facebook SinoregMG

MAPA DO SITE

Desenvolvido por @diogenesdesigner - Agência Marketing Para Cartórios