top of page

G1 - Testamento Vital: saiba como é o documento que registra desejos em caso de doença grave

Testamento Vital: saiba como é o documento que registra desejos em caso de doença grave; quase 7 mil brasileiros já fizeram


Minas Gerais é o terceiro estado em registros deste tipo, perdendo apenas para São Paulo e Rio Grande do Sul. O documento registra as vontades das pessoas em caso de doença grave, como a recusa de tratamentos.


Maria das Dores Maciel, de 63 anos, não quer ser submetida a tratamentos invasivos caso tenha uma doença grave e irreversível.


Para deixar este desejo claro para a família, pesquisou na internet sobre o testamento vital e decidiu registrar sua vontade em cartório.


“A ideia é manter uma qualidade de vida dentro de condições possíveis. Eu preciso deixar tudo isso claro enquanto eu ainda consigo pensar. Eu já tive pessoas próximas de família que viveram situações difíceis. No dia em que fui ao cartório e assinei, eu cheguei em casa e disse: 'ufa'” , disse.


Ela é uma das 8.344 pessoas que fizeram este tipo testamento no Brasil. Estes dados são desde 2012 e foram levantados pelo Colégio Notarial do Brasil, em Minas Gerais (CNB/MG). O estado é o terceiro em registros no país, com 444. (veja ranking mais abaixo).

Mas o que é um testamento vital?

✍️ O testamento vital é um documento feito por uma pessoa com discernimento que demonstra, em cartório, se deseja ou não ser submetida a tratamentos em caso de doença grave que a impossibilite manifestar livremente sua vontade.


✍️O documento alerta amigos e parentes sobre os desejos da pessoa em questão, evitando que ela, muitas vezes, prolongue a vida através de tratamentos considerados invasivos.

Como fazer um testamento vital?

✍️O testamento vital pode ser feito em qualquer cartório de notas do país.


✍️Ele também pode ser feito on-line. Ao optar por fazer o testamento pela internet, será agendada uma videoconferência com um tabelião. Esta chamada fica gravada, caso algum herdeiro questione a vontade da pessoa que morreu.

✍️“A videoconferência é para identificação e coleta da manifestação da vontade da pessoa e a chamada fica gravada por questão de segurança. No caso da pessoa ir ao cartório, aí fica a cargo do tabelião gravar ou não a manifestação da pessoa. Vale também a fé pública do documento”, explicou o presidente do CNB/MG, Victor de Mello e Moraes.

Quais são os documentos necessários?

✍️Documento de identidade


✍️CPF


✍️Certidão de nascimento ou casamento Quanto custa?

✍️O custo do testamento vital é, em média, R$ 100.

É preciso ir com advogado ou médico?

✍️Não. O interessado pode levar o profissional para auxiliá-lo na decisão, mas não é obrigatório. Basta a manifestação daquele que vai fazer o testamento.

O testamento vale como orientação em caso de herança?

✍️Não. É importante destacar que o testamento vital não trata de distribuição de patrimônio e herança.


Estados com mais registros de testamento vital

1º São Paulo 4.580

2º Rio Grande do Sul 1.003

3º Minas Gerais 444

4º Mato Grosso 275

5º Rio de Janeiro 202



Fonte - G1.Globo.com

Posts recentes

Ver tudo

Programa “Cartório Contemporâneo” episódio 126

Confira a 126ª edição do Programa “Cartório Contemporâneo”, na TV Justiça, uma realização da Confederação Nacional de Notários e Registradores (CNR). Neste episódio, com apresentação de Duda Meirelles

bottom of page