Cartório Protege Idosos: diretora executiva da Anoreg/BR concede entrevista à Rádio Nacional

Os idosos têm sido foco de atenção dos cartórios de todo o país, principalmente neste momento de pandemia do novo coronavírus. Como pessoas vulneráveis, podem se tornar vítimas de violência física e sofrer apropriação e desmonte do patrimônio. Para falar sobre essa campanha nacional, o Revista Brasil entrevistou Fernanda de Almeida Abud Castro, diretora executiva da Associação dos Notários e Registradores (Anoreg/BR).


Ouça a entrevista completa.


De acordo com Fernanda, diante do aumento de 83% de casos de violência contra os idosos, os cartórios do Brasil se uniram com os poderes Judiciário e Executivo para agirem na proteção patrimonial, que muitas vezes tem contratos de gavetas que não passam por cartório, correndo risco de serem lesados, até mesmo por familiares.


Os cartórios oferecem aos idosos a possibilidade de lavrar suas escrituras públicas, por meio de videoconferência, com toda segurança jurídica sem que ele precise se deslocar de sua casa.


EBC

Posts recentes

Ver tudo

TJMG - Mulher poderá alterar prenome registrado

Ela alegou que denominação oficial, habitual para homens, trazia constrangimentos Uma lavradora residente na área rural do município de Riacho dos Machados poderá modificar o prenome, que desde a infâ