top of page

Câmara - Projeto amplia lista de beneficiários de regularização de ocupações urbanas

Algumas prefeituras só regularizam núcleos urbanos completos; projeto permite regularizar imóvel isolado dentro desses núcleos


O Projeto de Lei 1905/23 amplia os beneficiários da Regularização Fundiária Urbana de Interesse Específico (Reurb-E), que envolve medidas jurídicas, urbanísticas, ambientais e sociais necessárias à regularização de ocupações urbanas.


Na prática, além de assegurar o direito à propriedade, a medida permite o acesso a serviços públicos, como água e energia elétrica. A proposta está sendo analisada pela Câmara dos Deputados.


De acordo com o projeto, a Reurb-E (voltada para a população não enquadrada como baixa renda) poderá ser aplicada em único imóvel isoladamente, desde que pertencente a núcleo informal antes de 22 de dezembro de 2016.


Também poderão ser beneficiadas instituições religiosas, de assistência social e as sem fins lucrativos.


“Embora haja entendimento de que a Reurb-E pode ser implementada por imóvel isolado, muitos municípios entendem ser necessária a realização somente em um núcleo urbano completo”, explica o autor, deputado Dr. Jaziel (PL-CE).


O projeto, por fim, autoriza profissionais registrados nos conselhos federal e regional de técnicos industriais (CFT) a realizar levantamentos planialtimétricos e georreferenciamentos para fins de regularização fundiária urbana.


Tramitação


A proposta será analisada, em caráter conclusivo, pelas comissões de Desenvolvimento Urbano; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.


ÍNTEGRA DA PROPOSTA




Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page