Anoreg/BR e CNR lançam Hino dos Notários e Registradores do Brasil

O projeto foi criado pelo presidente e vice-presidente da Anoreg/BR, Rogério Portugal Bacellar e José Marcelo de Castro Lima Filho, em parceria com o cantor e compositor Chico da Silva.

A Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR) e a Confederação Nacional de Notários e Registradores (CNR) lançaram nesta quarta-feira (14/09), na sede da Associação, o Hino dos Notários e Registradores do Brasil. O projeto foi criado pelo presidente e vice-presidente da Anoreg/BR, Rogério Portugal Bacellar e Marcelo Lima Filho, em parceria com o cantor e compositor Chico da Silva, e arranjos de Gigio Andrade.

Segundo Marcelo Lima Filho, “o projeto do Hino nasceu em agosto de 2021, quando Rogério Bacellar visitou Manaus, para o Encontro Estadual do Sinoreg – Anoreg/AM,” afirmou. “Naquela oportunidade, Rogério conheceu o cantor e compositor Chico da Silva e o convidou para compor o nosso hino”.

Fruto de um trabalho de 12 meses, o Hino dos Notários e Registradores do Brasil “simboliza, por intermédio de uma canção, a história, a missão e a importância dos notários e registradores para o desenvolvimento do país e do povo brasileiro e deve ser encampado nos eventos solenes de todas as atribuições, transmitindo o espírito de união tão necessário ao fortalecimento institucional da nossa atividade”, concluiu Marcelo.

Hino dos notários e registradores do Brasil

Viva a história dos notários e registradores do Brasil

Honra e glória pros notários

E registradores do Brasil

Patriotas imbuídos da missão

De lavrar, de proteger e resguardar

A história oficial de uma nação

De um povo valoroso, aguerrido

E sem igual

Um país pra nossa gente se orgulhar

Com justiça social, nós queremos construir

Mantendo e regulando a segurança em sociedade

Um direito justo ideal

Somos uma força, poderosa

Escrita em livros e pendões

Interligando todos os rincões desse país

Uma força motriz

Sublime a se espraiar

Por entre montanhas

Selvas e rios,

Somos os cartórios do Brasil

Vinde esperança, vinde bravura

Com fé e devoção

Lutemos pela paz,

Enquanto cidadão, união,

Pela nossa pátria mãe

Viva a história gloriosa dos notários e registradores do Brasil.

Chico da Silva

Nascido em Parintins, Amazonas, Chico da Silva é considerado um dos maiores músicos brasileiros e tem um currículo que impressiona. Compôs músicas para Alcione e trabalhou com nomes do porte como Martinho da Vila.

O compositor e cantor começou sua longa e bem-sucedida carreira em meados dos anos 80 e desde então seu samba verdadeiro e melodioso encantou gerações e conquistou inúmeros fãs.


No início de sua carreira fez parte do conjunto “Os Amigos do Som”, formado por Agnaldo do Samba, Mariolindo, Saci da Aparecida, Lúcio Bahia, Manoel Batera & Cia.


Em 1988 foi acometido por um câncer que quase o impossibilita de cantar, o que veio a atrapalhar sua carreira de cantor. Foi quando retornou ao Amazonas e começou a compor para os bois-bumbá Garantido e Caprichoso.

Algumas de suas melhores e mais conhecidas composições são: “Sufoco”, “Vermelho”, “Convite a Roberto Carlos” e “Pandeiro é Meu Nome”. Como intérprete, teve sucessos como “É Preciso Muito Amor”, composto por Noca da Portela e Tião de Miracema.

Chico da Silva é pai da Tabelia? e Registradora, Silvana Martins da Silva Lima.

Posts recentes

Ver tudo

Altera a Lei nº 9.636, de 15 de maio de 1998, para modificar a forma de reajuste das receitas patrimoniais da União decorrentes da atualização da planta de valores e desburocratizar procedimentos de a