A verdade sobre os cartórios: cartilha é tema do quinto programa da CNR na TV Justiça

O quinto episódio do programa Cartório Contemporâneo, realizado pela Confederação Nacional dos Notários e Registradores (CNR) e veiculado na TV Justiça, para todo o Brasil, desvenda a cartilha “A verdade sobre os cartórios: conhecer para proteger”, que trata sobre mitos e verdades da atividade notarial no país. O programa foi exibido na quinta-feira, dia 14/10 e tem reprise marcada para 18/10 (segunda-feira).


A iniciativa de criar esse material foi da Diretora da CNR e Presidente da ANOREG/PA, Dra. Moema Locatelli Belluzzo. “Eu acredito que o que tenha levado a produzir essa cartilha foi, justamente, a vontade de desmistificar o serviço notarial e registral. Ainda existe muito desconhecimento sobre os cartórios, de como se ingressa ou ainda quanto o delega na atividade, por exemplo. Nós trouxemos perguntas simples e objetivas, acessíveis a toda população, com respostas cruciais para que seja possível esclarecer mitos”, explica.


Alguns dos temas abordados na cartilha são como se tornar um profissional notarial e de registro, qual é a remuneração da atividade e dados sobre os notários e registradores no Brasil.


Registro civil e avanços tecnológicos nos cartórios


Dr. Gustavo Fiscarelli, Presidente da ARPEN Brasil, foi um dos convidados especiais do quinto episódio do Cartório Contemporâneo. Em sua participação, ele comentou sobre a importância do Registro Civil.


“Dentre todas as especialidades, ele têm os atos que são intrinsecamente ligados com a cidadania, como nascimento, casamento, óbito, questões de Estado, como interdições e emancipações. Nos últimos anos, outros atos foram incorporados. Entre eles podemos citar, reconhecimento de filiação, alteração de sexo e gênero pelas pessoas trans e uma série de outros serviços que dignificam a atividade e conferem cidadania para aqueles que a utilizam”, destaca Fiscarelli.


O Presidente da ARPEN Brasil destacou, durante sua participação, o trabalho ininterrupto realizado durante a pandemia de covid-19 e os momentos de isolamento social. “O Registro Civil é importante, independentemente da época ou da situação. Na pandemia ficou mais claro ainda que ele é tocado e gerido de forma prudente, razoável, moderna e indispensável para a sociedade. Ele não parou, mesmo com todos os obstáculos impostos neste período.”, exaltou.


Um dos motivos pelo qual a atividade notarial e de registros não foi suspensa durante o ápice dos casos de covid-19 está completamente relacionado com o uso da tecnologia. Sobre isso, o convidado entrevistado foi Dr. Hércules Benício, Tabelião do 1º Ofício de Notas, Registro Civil e Protesto do Núcleo Bandeirante.


“Nós temos a possibilidade de lavrar escrituras, procurações, testamentos à distância, entre outros inúmeros atos. As pessoas não precisam mais se dirigir ao cartório para assinar documentos ou manifestar vontade. É possível fazer isso com um certificado digital e com uma videoconferência”, afirmou Benício.


Cartório Contemporâneo na TV


O programa Cartório Contemporâneo é uma realização da CNR, apresentado por Duda Meirelles, dirigido por Ana P. Araújo e produzido pela Cia do Filme, será semanal, revelando o fascinante mundo da atividade notarial e registral no Brasil. A exibição vai ao ar toda quinta-feira às 19h e reprisado na segunda-feira no mesmo horário. Todos os episódios podem ser acessados no YouTube da CNR.


Para saber mais sobre o Programa Cartório Contemporâneo, acesse o site www.tvjustica.jus.br, www.cnr.org.br ou entre em contato pelo e-mail contato@cnr.org.br. Confira o canal aqui.


CNR

Posts recentes

Ver tudo